A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Sesi Nacional lançaram durante o painel da Comissão de Políticas e Relações Trabalhistas (CPRT), realizado em maio no 89º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), em Brasília, o Manual Básico de Indicadores de Produtividade na Construção Civil. Com 200 páginas, a publicação foi criada devido a importância das estruturas de concreto e a sua influência sobre o custo e a qualidade da edificação.

 

O texto é baseado em duas tipologias construtivas: um edifício com oito pavimentos tipo com estrutura convencional de concreto armado e outro edifício com quatro pavimentos tipo com paredes e lajes de concreto armado que são executados com fôrmas manuseáveis de alumínio.

 

"Com base nesse manual, os empresários poderão organizar melhor o trabalho e aumentar o desempenho de suas empresas e a segurança e saúde do trabalhador. A gente quer um ambiente seguro, onde os empresários tenham preservados a saúde dos seus trabalhadores", destacou Ubiraci Espinelli Lemes de Souza, engenheiro e professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), responsável por apresentar o documento.

Deixe um comentário